Tipos de betão


Betão comum – Betão com um diâmetro máximo de partículas> 8 mm; massa volúmica entre 2000 e 2600 kg/m3

Betão pesado - Massa volúmica> 2600 kg/m3; substitui-se os agregados por agregados pesados (ex: barita, elementos de socata); para a protecção de radiação

Betão leve – Massa Volúmica> 800 kg/m3 e <2000 kg/m3; para reforço estrutural

Betão fresco - Betão misturado, compactado e colocado em obra, mantendo-se fresco garantindo viscosidade e tornando-se sólido

Betão endurecido - Betão com presa, desenvolvendo-se maior capacidade de resistência

Betão “green” - Cimento pré-fabricado

Betão projectado - Túneis

Calcário

O calcário é uma rocha sedimentar com três tipos distintos encontrados.

Calcário Conquifero é um aglomerado formado a natureza por conchas e fragmentos de conchas particularmente não cristalinos. Não tem rachas e normalmente é muito uniforme na sua composição e estrutura.

Calcário dolomitico é rico em carbonato de magnésio e frequentemente cristalino. Normalmente tem melhor resistência à tracção e à compressão que o conquifero com melhores variedades de textura.

Calcário cristalino é predominantemente composto por cristais de carbonato de cálcio. Tem elevada resistência à compressão, tem uma porosidade muito baixa e tem uma textura suave. A cor é um cinzento claro uniforme.

Alguns dos mais conhecidos calcários são os de Carthage e de Miami Valley, que são calcários cristalinos; Kasota Stone, Mankota Stone, Winona Stone e o calcário de Niagara que são calcários dolomiticos; e Calcário de Indiana, Tyndallstone, Calcário de Cordova, Shadow Vein, Cottonwood e Golden shell que são calcários conquiferos. Alguns dos últimos são claramente visíveis na face da pedra cortada.

Os calcários são compostos principalmente por dois materiais: Carbonato de Cálcio e de Magnésio com silício, oxido de alumínio e de ferro, juntos com outros elementos em menores quantidades presentes na maioria dos calcários.

O carbonato de cálcio pode variar entre os 97% em alguns calcários e um mínimo de 48% em outros. A quantidade de Carbonato de Magnésio varia de 1,2 por cento, mínimo, a cerca de 43 por cento em algumas pedras.

A densidade dos calcários varia dependendo tipo de calcário, desde 125 a 180 lb/ft3 (2000 a 2880 Kg/m3) com resistência à compressão de 2500 psi (19 Mpa) até 25000 psi (193 Mpa). A porosidade também varia muito, desde 0,25 por cento até 7,5 por cento.

O calcário é uma das rochas mais usadas na construção e é produzida em três tipos: dimensão (corte), pedras de cantaria, e pedras de alvenaria.

Os painéis são produzidos até 16 ft (4800 mm) de comprimento por 6ft (1800 mm) de largura, em espessuras de 2/4in (57 mm) até 8 in (200 mm).

Os painéis isolados são construídos colocando isolamento de fibra de vidro na parte de trás dum painel de calcário com 2 in (50 mm). Um painel sandwich pode ser produzido cobrindo essa parte isolada com um fino metal ou um plástico rígido.

As pedras de cantaria são usualmente produzidas em espessuras de 2/4 in (57 mm) até 8 in( 200mm), em larguras de 2 a 10 in (50 a 250 mm), e em comprimentos de 6 in (159 mm) ate 3 ft(900mm).

O aparelhamento de pedras/rochas

O aparelhamento de uma pedra é um processo de desbaste para que o seu acabamento final seja o mais adequado, em termos angulares, de irregularidades em forma e dimensão, para o tipo de aplicação pretendida, tornando a pedra menos tosca. O aparelhamento das pedras pode ser dos seguintes tipos:

Acabamento rústico – Corresponde a paramento tosco, resultante da operação de extracção do bloco, grosseiramente desbastado e escassilhado.

Acabamento serrado simples – Correspondente a paramento plano, com sinais de serra, resultante das operações de serragem e corte do bloco, sem qualquer outro trabalho de beneficiamento.

Acabamento serrado rectificado – Correspondente a paramento plano e áspero, sem sinais de serra, resultante das operações de desempeno ou rectificação com máquinas politrizes, usando granalha de aço até o nº. 60.

Acabamento apicoado – Correspondente a paramento plano e áspero, resultante do tratamento com picola ou bujarda. Conforme o grau de aspereza da superfície, o acabamento apicoado será: grosso usando a picola ou a bujarda nº3; médio quando usadas sucessivamente as picolas ou bujardas nº3 e 2; fino quando usadas sucessivamente as picolas ou bujardas nº. 3, 2 e 1esta última de 36 pontas por polegada quadrada.

Acabamento lavrado – Correspondente a paramento perfeitamente plano e pouco áspero, resultante de acerto e eliminação de asperezas do apicoamento fino por meio de escopos.

Acabamento polido fosco – Correspondente a paramento perfeitamente liso e plano, resultante de operações, manuais ou de máquina politizes, em que se empregam esmeris em grãos ou pedra. Compreende em polido fosco grosso, médio e fino.

Acabamento encerado – Correspondente a paramento polido fosco fino encerado com uma mistura de aguarrás e cera virgem.

Acabamento lustrado – Corresponde a paramento polido fosco fino com acabamento especular resultante da operação de lustração.
A lustração dos granitos é obtida com óxido de alumínio, dando-se o brilho final com óxido de estanho reduzido a pó e aplicado com disco de chumbo ou feltro.
A lustração em mármores é obtida com ácido oxálico ou ácido de estanho e em seguida lava-se a pedra e aplica-se aguarrás misturada com cera virgem para proteger o lustro.